Quem tem Pai tem solução!

Quem tem Pai tem solução!

A Bíblia nos garante que “tudo o que o homem fizer disto prestará conta”. É ou não é? Tudo que a gente planta, a gente colhe, porque de Deus não se zomba (Gl 6:7).

José, um grande homem de Deus, o que foi o primeiro depois de Faraó, que você lembra o tanto de coisa que ele fez no Egito… No início foi ameaçado de ser assassinado pelos próprios irmãos!

Fala aí para mim “Merecido!”. Me dá um voto de confiança, porque eu estou pregando para você que tudo o que o homem fizer disto prestará contas.

Os irmãos de José, no último minuto segundo tempo, desistem de matá-lo e jogam ele numa cisterna… E o cara era tão azarado que a cisterna estava seca! Passa um viajante, os seus irmãos vendem ele a preço banana e então é levado como escravo no Egito… Ele sofreu muito na vida, mas diga comigo: ele mereceu!

Sei que você não está acreditando muito. Como assim, o grande José do Egito mereceu?!

“Quando José tinha dezessete anos, pastoreava os rebanhos com os seus irmãos. Ajudava os filhos de Bila e os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e contava ao pai a má fama deles”.
Gênesis 37:2

Completa para mim: “Dedo-duro! Fofoqueiro! É por isso que seus irmão tomaram raiva de você, você que se mete na vida de todo mundo”! É aquela velha história. Todo mundo na Bíblia Sagrada que se deu mal, tinha um motivo anterior. E até hoje, é a mesma coisa! O saudoso pastor Glycon falava assim: “se Deus projetar sua vida aqui na parede… Ai ai ai!”.

É isso que diz lá Jeremias no Capítulo 29. Deus levanta Jeremias e diz ao povo de Israel: “Pessoal vocês tão lascado mesmo. Mas vamos ser sinceros, nós e nossos pais fizemos por onde! Nós fomos olhar para os outros deuses. Nós esfriamos na igreja, estávamos tudo crente mais ou menos. É a poderosa mão de Deus nos punindo! Presta atenção, prepara, que vocês vão ficar nesse cativeiro 70 anos e não adianta ninguém falar diferente. A palavra que Deus deu é essa: o fruto do que vocês plantaram é 70 anos de cativeiro”.

Palavra dura! Mas então ele declara a coisa mais linda que tem na Bíblia Sagrada: “mas Deus é Pai! E até no deserto é possível florescer”.

Como assim?

É aquele rapaz que não quis estudar e agora está com dificuldade de conseguir um emprego que ganhe bem. É aquela moça que decidiu na desobediência casar e agora está com dificuldades no casamento. É como aquela menina de 13 anos que desobedeceu ao pai e a mãe e agora ela teve um filho. E aí, deixa eu ser realista. Acabou a juventude, acabou a facilidade dos estudos, acabou a facilidade das viagens. Agora em vez de ter uma vida num curso antes idealizado, agora tem que viver com uma situação difícil!

Jeremias falou: Pessoal cai na realidade, nós fizemos por onde! Esse cativeiro nosso tem motivo. E não fique esperando que amanhã vai ser tudo diferente porque não vai, você está colhendo exatamente o que você merece!  Mas então o que é que vamos fazer?

“Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel, a todos os exilados, que deportei de Jerusalém para a Babilônia: Construam casas e habitem nelas; plantem jardins e comam de seus frutos. Casem-se e tenham filhos e filhas; escolham mulheres para casar-se com seus filhos e dêem as suas filhas em casamento, para que também tenham filhos e filhas. Multipliquem-se e não diminuam. Busquem a prosperidade da cidade para a qual eu os deportei e orem ao Senhor em favor dela, porque a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela”.
Jeremias 29:4-7

Não podemos esquecer: Deus é Pai!

Jesus está falando para mim, para você e para quem mais está vivendo o cinto apertado que Deus mesmo apertou. Não é para se deprimir, não é para desesperar. Até debaixo do maior problema da sua vida Deus quer te abençoar. Até na Babilônia, quem tem Pai cresce!

Na pior fase da história de José, ele ganhou a maior nação da terra. Na maior desgraça da casa de Jacó, foi gerado Betel. No pior momento da história de Israel, eles ainda sim tiveram dignidade – Daniel, Ananias, Mizael e Azarias, todos assistiam diante do Rei. Até Ester, uma judia amaldiçoada, debaixo da penalidade, virou rainha!

Que maldição que é essa? A sentença não foi retirada, mas o Senhor transforma a maldição em benção. É Milagre!

Esse negócio de errar na vida não é para acontecer. Mas, deixa eu ser bem realista: Não é para acontecer, mas acontece. Não é para errar, mas erra. Não é para pecar, mas peca. A Bíblia Sagrada mesmo diz, vê se você lembra: “Filhinhos não pequeis porque não pode! Não é para cair! Mas se cair… Não é para ficar prostrado. Não é para desanimar! ” (ref. 1Jo 2:1)

Eu não estou discutindo se você merece a desgraça. Eu não estou discutindo se você merece o sofrimento. Mas eu estou querendo mostrar na Bíblia Sagrada, que não é para ficar prostrado, porque tem jeito. Quem tem Pai, tem solução!

Rev. Dr. Ciro Otávio Borja Pinto
Bispo Patriarca e Pastor Presidente

Share

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil